TETEAR une arte e educação, formando uma geração com acesso a novas experiências artísticas

Projeto Tempo de Temperar a Arte chega a sua 3ª edição atendendo aproximadamente 400 crianças e jovens em Campo Largo.

O projeto TETEAR – Tempo de Temperar a Arte, criado e desenvolvido pela Parabolé Educação e Cultura, já iniciou as atividades de sua 3ª edição em Campo Largo (Região Metropolitana de Curitiba). Voltado para cerca de 400 crianças e jovens, de 7 a 17 anos, alunos de escolas públicas ou cadastrados em projetos sociais, o TETEAR oportuniza o acesso à formação artística e a expressões culturais a um público que tem poucas condições de vivenciar esse contato. Para isso, promove, ao longo do ano, um conjunto de seis oficinas: teatro, percussão, canto, circo, artes plásticas e dança.

O TETEAR é fruto de sua aprovação na Lei Rouanet, de incentivo à cultura. Sendo que as empresas que o patrocinam (Caterpillar e Incepa) investem seu apoio com base nos mecanismos previstos pela referida lei. Um dos objetivos do projeto é reunir o resultado de todas as atividades, que ocorrem duas vezes por semana no contraturno escolar, em um espetáculo, a ser realizado no final do ano. Para isso, a construção da performance, a partir de aspectos trazidos pelos próprios alunos de sua cultura local, surge como fator de unidade estética entre cada uma das linguagens artísticas utilizadas durante as oficinas. Nélio Spréa, arte-educador e diretor da Parabolé, explica que a integração e a valorização dos aspectos simbólicos e materiais da cultura específica dos alunos conferem um papel ativo no processo de aprendizagem. “É fundamental conhecer a realidade na qual os participantes estão inseridos e saber o tanto quanto for possível sobre o seu modo de vida para promover um aproveitamento daquilo que lhes é próprio, daquilo que pertence a sua cultura e que já é expresso pelas suas formas de interpretar e produzir a vida”, diz Spréa. Para ele, por mais desprovida de recursos materiais ou por mais carente de apoio que uma comunidade possa estar, ainda assim, é possível encontrar diversidade cultural, saberes e conhecimentos. O arte-educador ressalta que o TETEAR traz benefícios para todo o município campolarguense, pois está formando uma geração com acesso a novas referências, experiências e sensibilidades artísticas.

Além do olhar sensível à cultura local dos envolvidos com o projeto, privilegiando e enfatizando a valorização de elementos presentes na formação da cultura de Campo Largo e região, o Tempo de Temperar a Arte abraça outros objetivos. Entre eles estão: reconhecer e potencializar a capacidade intelectual e perceptiva dos alunos; estimular a curiosidade artística e o gosto estético; promover o interesse por atividades que impliquem em qualidade de vida; contribuir para a formação cultural, favorecendo a autoestima e motivando novas formas de inclusão social.

A importância da ludicidade
O resultado é a ampliação das referências artísticas dos alunos, contribuindo para a sua educação, despertando a criatividade e promovendo a socialização. “Este é um trabalho que fascina todos os participantes, pois atendemos um público que detém muita energia, vazão criativa e que guarda potencialidades pouco estimuladas pelas escolas em sua educação formal. No TETEAR eles encontram espaço para se expressar, brincar e produzir”, explica Christiano Ferreira, coordenador das oficinas. Por isso, a ludicidade é apontada como um dos principais referenciais pedagógicos de todo esse trabalho.

De acordo com a proposta, o lúdico favorece a adesão dos alunos, tornando o processo de aprendizagem prazeroso, além de potencializar a criação. Por meio de ações lúdicas, os participantes superam algumas dificuldades lançadas pelas oficinas, encontrando a possibilidade de se autoafirmarem. “São experiências assim que fazem toda a equipe acreditar que é possível continuar neste caminho de construção, não tendo receio de adotar o que vem da criança. Pelo contrário, queremos incentivar ainda mais que ela coloque para fora a sua vontade criativa”, conclui Ferreira.

Oficinas
• Teatro: a criação de personagens a partir de jogos dramáticos e brincadeiras que realçam o poder criativo e comunicativo dos alunos.
• Percussão: a musicalidade aplicada à confecção e execução de instrumentos de percussão, desenvolvendo a percepção sonora e explorando a riqueza rítmica de diversos gêneros musicais.
• Canto: o desenvolvimento das capacidades vocais, com ênfase na interpretação de letras, ritmos e melodias populares, proporcionando vivências coletivas e experiências criativas.
• Circo: a valorização do malabarismo e da acrobacia em busca do inusitado e do desafio que potencializa a criatividade dos alunos.
• Artes plásticas: o aproveitamento de materiais recicláveis e o desenvolvimento de habilidades artísticas a partir de técnicas básicas como o recorte, a colagem, a modelagem e a pintura.
• Dança: a dança moderna enquanto ferramenta de desenvolvimento da consciência corporal e da linguagem do movimento, fazendo despertar criações próprias e coletivas dos alunos.

Locais
Colégio Estadual Juventude de Santo Antônio (Balsa Nova), Escola Municipal Afonso Cunha Neto, Escola João Santana, CRAS Meliane, CIME (Centro de Integração do Menor), Projeto Nossas Meninas e Centro da Juventude. As oficinas começaram em fevereiro, mas duas ainda têm vagas. É o caso de Percussão (CRAS Meliane) e de Teatro (Colégio Juventude de Santo Antônio). Os interessados devem procurar a equipe de atendimento do CRAS e a secretaria do colégio para realizar a inscrição.

Horários:
Artes Plásticas – CIME (Centro de Integração do Menor)
Endereço: Rua Alcebíades Afonso Guimarães, 2800, Campo Largo
Segunda e Quarta: 8h30 às 9h30 | 10h às 11h30 | 13h às 14h30 | 15h às 16h30

Teatro – Colégio Estadual Juventude de Santo Antônio
Endereço: Rua Ricardo Zanetti, s/no, Balsa Nova
Terça e Quinta: 13h às 17h

Canto – Projeto Nossas Meninas
Endereço: Rua Maurício José Lopes, 31
Segunda e Quinta: 8h30 às 10h | 10h às 11h30 | 13h às 14h | 14h às 15h

Percussão – CRAS Meliane
Endereço: Rua Paulo Script, 200
Quarta e Sexta: 16h30 às 17h30 | 17h30 às 18h30

Dança – Colégio Estadual Juventude de Santo Antônio
Endereço: Endereço: Rua Ricardo Zanetti, s/no, Balsa Nova
Segunda e Sexta: 8h55 às 9h55 | 10h30 às 11h30 | 13h às 14h | 14h às 15h
Dança – CRAS Meliane
Endereço: Rua Paulo Script, 200
Segunda e Sexta: 9h30 às 11h30 | 13h30 às 15h30
Dança – Centro da Juventude Bom Jesus
Endereço: Rua Ademar de Barros esquina com XV de Novembro
Quarta e Sábado: 13h às 14h | 14h às 15h

Circo – Escola Municipal Afonso Cunha Neto
Endereço: Rua Sudão, s/no
Segunda e Quarta: 8h30 às 9h30 | 10h às 11h30 | 13h às 14h30 | 15h às 16h30

Circo – Projeto Nossas Meninas
Endereço: Rua Maurício José Lopes, 31
Segunda e Quinta: 13h às 14h30 | 14h30 às 16h

Teatro ( Teatro de Bonecos) – Escola Municipal João Santana
Endereço: Estrada para Balsa Nova, 1586
Terça e Quinta: 10h às 11h30 | 12h45 às 14h15 | 14h45 às 16h15

Contatos:
Centro da Juventude Bom Jesus: Emerson (coordenador) - 3292-3487
Projeto Nossas Meninas: Liliane Tozetti (Coordenadora) - 3292-9541
Escola Municipal Afonso Cunha: Ivonete (Diretora) e Joice (Pedagoga) - 3292-6383
CRAS Meliane: Fernanda (Psicóloga) e Tatiane (Assistente Social) - 3292-7434
CIME (Centro de Integração do Menor): Luciane (Coordenadora) - 3399-5068
Colégio Estadual Juventude de Santo Antônio: Neto (Diretor) - 3636-9189
Escola Municipal João Santana: Viviane (Coordenadora Mais Educação) - 3292-7139.

Mais informações para a imprensa:
Talita Vanso: 41-9991-5985
Patrícia Melo: 41-9643-0164
Simone Meirelles: 41-9104-2282

Loja Virtual

Aproveite nossa loja online.
Receba em casa os produtos da Parabolé e de parceiros!

CapaDVD Palmas pra que te quero baixa   shop-2-inside   Bichos e buchichos baixa

Palmas pra que te quero - DVD

 

Villa das crianças - CD

 

Bichos e buchichos - CD/Livro

+ detalhes

 

+ detalhes

 

+ detalhes

acesse a loja virtual

Parabolé Educação e Cultura

Rua Assunta Biagini, 79 - Bigorrilho

Curitiba/PR - Cep. 80710-400

(41) 3027-5821

(41) 9681-3030

contato@parabole.com.br

 

Palavras mais Buscadas

Contratar espetáculos infantis | Contratar espetáculos
musicais para crianças | Formação continuada de
educadores | Palestras sobre educação infantil |
Espetáculos infantis para escolas | Espetáculos infantis
para eventos | Livros para crianças | CDs infantis